Recuperação Judicial: O novo plano dos credores é bom para todos.

Faltam poucos dias para a entrada em vigor da Lei 14.112/2020, que alterou a Lei de Recuperação Judicial e Falência (Lei 11.101/2005).

Uma das principais novidades é o plano de credores. A lei passa a prever que credores possam apresentar um plano de recuperação alternativo ao plano do devedor, o que ocorre quando acaba o stay period (agora de 360 dias) sem a deliberação sobre o plano original, ou quando a assembleia rejeita o plano do devedor.

O plano de credores tem os mesmos requisitos do plano comum (discriminação dos meios de recuperação, demonstração da viabilidade econômica, laudo de avaliação dos bens), acrescidos de três exigências: não imputar ao devedor novas obrigações ou impor sacrifícios maiores que na falência; ter prévia adesão de ao menos 25% do total dos créditos ou de 35% dos créditos cujos credores estiveram presentes à assembleia; a extinção das garantias pessoais (aval, fiança) perante os credores que propuserem o plano, a ele aderirem, ou votarem favoravelmente.

Na prática, sempre foi comum a alteração do plano como resultado da negociação do devedor com seus credores. O maior impacto da novidade é, na realidade, desvincular a decretação da falência como consequência direta da rejeição do plano em assembleia. Diante de dois únicos caminhos – falência ou aprovação do plano – forçava os credores a aprovar planos notadamente inviáveis (veja-se a quantidade de pedidos de aditamento que acabam ocorrendo) ou que impõem sacrifícios exagerados, concedendo ao devedor a vantagens desproporcionais.

Nos processos ajuizados depois de 24/01, os credores terão a faculdade de, ao rejeitar o plano do devedor, afastar a decretação da falência e propor plano alternativo. Assim, terão mais força para rechaçar planos inadequados sem que isso acarrete a liquidação total.

Por outro lado, na perspectiva do devedor também pode ser benéfica a novidade, já que mesmo com a rejeição do plano, o devedor ganha uma nova chance que inexistia no sistema anterior. Ao invés de ter imediatamente a falência decretada, o devedor ainda pode se recuperar de acordo com o plano a ser apresentado pelos credores. Além disso, a previsão legal de extinção das garantias prestadas por terceiros resolve uma questão delicada em grande benefício ao devedor.

Veio em boa hora essa novidade.

A problem was detected in the following Form. Submitting it could result in errors. Please contact the site administrator.

POLÍTICA DE DADOS PESSOAIS EM INSCRIÇÕES PARA PROCESSOS SELETIVOS (ATUAIS E FUTUROS) DE COLABORADORES

Obrigado pelo interesse em fazer parte do time FVA!

A finalidade específica das inscrições que recebemos aqui é apenas para processos seletivos de vagas, empregando tecnologia para proteção dos dados pessoais, em conformidade com aLei Geral de Proteção de Dados, nº 13.709/18.

Em caso de sua participação em processo seletivo, poderemos pedir versão completa e atual de seu currículo, bem como poderá ser certificada a veracidade dos dados informados, sendo acessíveis pelos responsáveis pelo processo seletivo, após passar por nossa triagem. Ainda, o currículo a nós enviado poderá ser compartilhado, a pedido de escritórios parceiros, ou empresas, a título de cooperação e indicação.

Ainda, ao se inscrever aqui, você está esclarecido e de acordo com nossas práticas de checagem ética e reputacional, a serem implementadas caso participe de algum processo seletivo, conforme previstas em nosso Código de Conduta.

Ainda, pessoas serão previamente esclarecidas dos propósitos e deste procedimento, alertando que, em caso de submeterem a um processo seletivo, elas serão submetidas a ele.

Envie-nos apenas informações necessárias, sem divulgar dados sensíveis, tais como de saúde, origem racial ou étnica ou posições políticas.

Os dados sensíveis que forem detectados serão excluídos imediatamente.

Seu currículo será mantido em nossa base de dados por até 3 (três) meses a partir do recebimento, sendo automaticamente eliminado posteriormente. Ainda, eliminação do currículo também poderá ocorrer por solicitação do titular dos dados pessoais, ao email relacionamento@fva.adv.br.