Eliminação do Corinthians da Copa Libertadores, dentro do Maracanã pelo Flamengo por 1×0, vitória sofrida do Palmeiras, nos pênaltis, dentro de casa em cima do Atlético Mineiro, e goleada do Atlético – GO na Copa Sul-Americana que resultou na vitória contra o Nacional. Fora das quatro linhas a semana também foi agitada no universo jurídico dos clubes. Temos atualizações do Coritiba, Botafogo, Corinthians, e Santos.

Na terça-feira (09/08), o estádio do Coxa foi palco mais uma vez da assembleia de credores, que se reuniram para decidir o futuro do clube. Os credores estão bem unidos para buscarem a vitória dentro do tribunal, por isso, a assembleia foi suspensa até o dia 24/08, para que o clube possa continuar suas negociações com os credores e conseguir aprovar seu plano de recuperação judicial.

Semana histórica para o Botafogo também. Anunciamos no bola da vez que o clube estava negociando suas dívidas com os credores trabalhistas através do regime centralizado de execuções, no início da semana o Glorioso apresentou uma contra proposta de pagamento e conseguiu a aprovação dos credores. Com isso, o clube vai pagar mais de R$ 400 milhões em dívidas trabalhistas.

Já os credores do Timão receberam no início da semana um e-mail informando que o clube teve deferido o regime centralizado de execuções. O clube juntou aos autos uma planilha com 18 ações, que ultrapassam o valor de R$ 42 milhões. Será que o Timão vai conseguir se organizar financeiramente e quitar suas dívidas?

Quem está feliz é o torcedor do peixe. Vitória dentro das quatro linhas, na segunda-feira (08/08), em cima do Coritiba e vitória nos tribunais na quarta-feira (10/08). O time da Vila Belmiro conseguiu manter na 2ª instância a decisão que deferiu o regime centralizado de suas execuções. Parece que a maré está pra peixe nesses últimos dias.

Como puderam ver, a semana foi agitada dentro e fora das quatro linhas, mas o bola da vez te atualiza dos principais andamentos do universo jurídico do futebol.