Em virtude da pandemia da Covid-19, muitas empresas foram afetadas, algumas obrigadas a reduzirem ou suspenderem sua produção, devido escassez de peças, outras a reduzirem sua jornada de trabalho. Iniciaram-se algumas demissões e fechamento de organizações diante da ausência de vendas e giro de capital.

De outro lado, alguns colaboradores estão em esquema home-office para segurança geral, e contenção da propagação do vírus.

Pelo fato de efetuar o trabalho fora das dependências da organização, a preocupação com os dados deve ser redobrada, uma vez que muitos colaboradores utilizam máquinas domésticas, sem a devida proteção, tornando-se alvo de possíveis invasões cibernéticas.

Os equipamentos manuseados devem estar amparados, com sistemas operacionais e programas antivírus atualizados para evitar possíveis incidentes com os dados, recordando que as senhas devem ser fortes, dificultando o ingresso não autorizado. O colaborador deve colocar a máquina no modo suspenso, toda vez que ausentar-se do local onde encontra-se o equipamento, bem como também deve fazer uso correto dos sistemas e tratamentos dos dados durante o período de home-office.

Jamais utilizar redes wi-fi desconhecidas e evitar o acesso de sites desnecessários para o bom andamento do trabalho.

Portanto, é orientado e exigido da mesma forma seguir a política de governança da organização no período de “confinamento”, pois a casa tornou a extensão da empresa.