NFT é abreviação de “Non Fungible Token”, traduzindo de forma livre, seria “token não fungível”, entenda-se “token” no mundo do investimento como registro de ativo no mercado digital.

O que é NFT?

Trata-se de um mecanismo de autenticação, um registro de propriedade de um objeto digital, que pode não existir fisicamente, como uma obra de arte, foto, vídeo, música, gifs, tweets e outros. Quem compra a obra recebe o arquivo da imagem eletronicamente, e qualquer pessoa pode ter essa obra digital, porque pode ser reproduzida sem limites. A diferença é que o comprador é o dono da propriedade e pode vender esse direito quando quiser.

Então, se você tem o NFT de uma obra, significa que ela é original, esse selo autentica a obra e confere identidade única, pois mostra quem é o criador e o histórico da obra, sem poder ser alterado, melhor dizendo, impossibilitando qualquer fraude ou falsificação. Isso porque a tecnologia blockchain permite essa imutabilidade. O NFT está ligado ao cenário digital, mas existem pessoas testando para objetos físicos onde já se iniciaram as correções para funcionalidade adequada.

E como funciona?

É gerado um token (número) a partir da rede Blockchain, onde é registrado, podendo ser negociado através de criptomoedas.

Obra > Token > NFT > Blockchain > Criptomoeda > $$$

O que é Blockchain?

A tecnologia blockchain utiliza encadeamento de blocos de dados, onde cada bloco contém informações sobre a operação que será realizada, ou seja, os blocos estão acorrentados. As informações iniciais e finais do bloco são interligadas com o bloco anterior e posterior. Qualquer alteração do bloco quebra a cadeia, sendo impossível a modificação. Daí o motivo da blockchain ser sinônimo de segurança, integridade, confidencialidade das informações e respeito ao tratamento dos dados. Pelo fato da blockchain utilizar blocos distribuídos e descentralizados, isto é, as operações ocorrem simultaneamente em várias máquinas e caso aconteça algum ataque, o registro permanecerá íntegro.

Qual a vantagem de comprar um conteúdo que está disponível de forma gratuita para o mundo?

No mundo digital, todos podem ter acesso as obras de arte mais valiosas, sim, é verdade. Mas, devemos lembrar que o que agrega valor a obra é a propriedade, e além de ser dono da obra, você tem o registro que confere a originalidade e poderá comercializá-lo quando desejar, faturando alguns milhões de dólares.