A nova queridinha rede social de áudio: Clubhouse.

O assunto do momento é a rede social Clubhouse, que ficou conhecida quando Elon Musk (CEO da Tesla Motors), Ashton Kutcher (ator), Mark Zuckerberg (CEO do Facebook) aderiram ao aplicativo. Criado desde março de 2020 por Rohan Seth (ex-funcionário do Google) e Paul Davison (empreendedor do Vale do Silício), sua característica específica é o áudio, toda comunicação é realizada através de fala. É possível entrar no aplicativo apenas se convidado, lembrando que está disponível somente para sistema IOS. Cada usuário pode convidar duas pessoas, da mesma forma como ocorria no início das redes sociais Orkut e Facebook.


0 Comentários4 Minutos

Google pode estar com os dias contados na Austrália.

O Google, plataforma de busca, poderá indisponibilizar seu serviço na Austrália, caso um projeto de lei com o objetivo de cobrar plataformas de tecnologia por conteúdos jornalísticos compartilhados seja aprovado, ou seja, efetuar pagamento para os editores de sites de notícias pelo o que é exibido nas plataformas. O governo australiano afirma que bigtechs como Google e Facebook detém o controle dos conteúdos publicados na internet, e com isso aumentam seu lucro em torno das publicidades vinculadas, prejudicando a mídia local com relação ao conteúdo exposto e também afetando a saúde financeira dessas empresas menores, que podem deixar de existir com a diminuição de mercado.


0 Comentários3 Minutos

Nova Política de Privacidade do WhatsApp: Onde está a Privacidade?

Usuários do mensageiro WhatsApp, localizados em território nacional foram surpreendidos com notificações sobre sua nova Política de Privacidade e Termo de Uso, informando que os dados do aplicativo serão compartilhados com o Facebook, Instagram e Messenger (plataformas que pertencem a mesma empresa). O compartilhamento ocorrerá também para quem não possui contas nessas redes sociais. Quem não aceitar, terá sua conta do WhatsApp suspensa e só poderá utilizá-lo após aceitação da Política de Privacidade e o Termo de Uso.


0 Comentários4 Minutos

O que é Privacy Shield?

Como o próprio nome diz, é um escudo de privacidade. O Privacy Shield foi um acordo internacional entre Estados Unidos Departamento de Comércio) e União Europeia (Comissão Europeia), realizado em 2016. Mas, para que servia? Tratava-se de uma permissão para transferências de dados pessoais entre esses dois países, uma vez que o fluxo de dados entre eles é volumoso, ou seja, a transferência de dados pessoais de indivíduos localizados na União Europeia para empresas localizadas nos Estados Unidos.


0 Comentários4 Minutos

Comitê cibernético é criado para garantir a justiça digital.

CNJ criou um Comitê de Segurança Cibernética do Poder Judiciário com a determinação de prazos para apresentação de medidas para coibir crimes virtuais no sistema judiciário, como protocolo de prevenção de gerenciamento de crise para o enfrentamento de crimes cibernéticos no Poder Judiciário, protocolo de investigação de ilícitos cibernéticos e estratégia de segurança cibernética e da informação do Poder Judiciário. Isso é uma resposta com relação ao ataque cibernético sofrido pelo STJ que paralisou a rede e os trabalhos da Corte e pelo “número crescente de incidentes cibernéticos no ambiente da rede mundial e computadores, de acordo com o próprio Fux”.


0 Comentários2 Minutos

Autoridade de proteção inglesa autua agência de crédito por descumprimento à proteção de dados pessoais.

A agência de crédito Experian foi obrigada a parar de compartilhar dados pessoais de milhares de pessoas sem consentimento. O fato é que a agência foi denunciada por ter vendido dados pessoais para empresas para facilitar a identificação de possíveis pagadores de bens e serviços, incluindo partidos políticos, que podem direcionar campanhas conforme o público alvo.


0 Comentários2 Minutos

O mundo V.U.C.A.

A expressão VUCA foi criada por volta de 1990, pelo exército americano, no período pós-guerra fria, para descrever o front de batalha como Volatility, Uncertainty, Complexity e Ambiguity, ou seja volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade – abreviatura conhecida como VUCA. O universo VUCA representa o mundo em que vivemos, de instabilidade, de dúvidas, de dificuldades e de imprecisão. O pensamento quadrado e linear já não tem mais espaço para o ecossistema transversal, pois a variedade das mudanças do mundo corporativo é veloz. Daí exemplos de organizações que nasceram e se transformaram, ou outras que durante seu processo de formação tiveram necessidade de realizar manobras para se adaptar ao mercado. Dessa forma, o mindset deve ser ligeiro, apto para envolver essas transformações céleres.


0 Comentários3 Minutos

Dados de Crianças e Adolescentes.

Com a crise sanitária mundial, a preocupação com os dados das crianças e adolescentes deve ser redobrada e contínua, devido à prática do homeschooling, que obriga o fornecimento de dados pessoais para utilização de plataformas de ensino. No mesmo passo, há inúmeras redes sociais que utilizam dados de crianças e adolescentes desenfreadamente, como TIKTOK. Sem contar as publicidades digitais direcionadas para as crianças, que são muito rentáveis e consideradas o novo alvo do mercado. E, pelo fato da criança e adolescente serem pessoas em desenvolvimento intelectual e emocional, (de acordo com o próprio Código Civil, até os 16 anos de idade são considerados absolutamente incapazes de exercer atos da vida civil – art.3º), o cuidado deve ser primordial.


0 Comentários2 Minutos

Princípios e a figura do Encarregado – Data Protection Officer (DPO).

Como agir de forma segura para evitar incidentes com dados pessoais? Minimização de dados pessoais e Accontability, são princípios essenciais na Lei Geral de Proteção de Dados - LGPD.
A minimização dispõe que os dados pessoais para serem coletados e tratados devem ter finalidade específica, adequação e pertinência, ou seja, seu processamento tem que ter um objetivo, ligação direta com o serviço prestado ou produto oferecido. Assim, deve-se levar em conta a proporcionalidade, saber se há necessidade de ter todos os dados pessoais requisitados, seu acesso deve ser limitado com o intuito de diminuir riscos de incidentes e responsabilidades do controlador dos dados. Após alcançado o fim, os dados devem ser eliminados de forma segura ou anominizados.


0 Comentários2 Minutos

Proteção de dados e marketing: a importância da LGPD no marketing.

Em recente pesquisa realizada pelo Reclame Aqui, 41,6% dos empresários ainda desconhecem a LGPD, e mais de 80% das pessoas físicas estão preocupadas com o tratamento de seus dados pessoais. A preocupação com a utilização dos dados pessoais surgiu com a transformação digital, diante da consequência no dia a dia.


0 Comentários4 Minutos

Presidente da República sanciona a MP 959/20 e LGPD entra em vigor hoje: 18.09.2020.

Finalmente, a lei que foi aprovada em 2018, entrou em vigor hoje, dia 18 de setembro de 2020. Mas, agora surge outra preocupação, a constituição da Autoridade Nacional de Proteção de Dados. Ela foi criada e estruturada, mas ainda não foi de fato estabelecida, falta a nomeação dos seus diretores e suas respectivas sabatinas pelo Senado, e isso levará um tempo.


0 Comentários1 Minutos

FVA em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados.

Antes da Lei Geral de Proteção de Dados, o FVA já protegia não só os dados pessoais, mas todos os dados que trafegassem pelo escritório (on-line, off-line ou físicos). Com a LGPD, aprimoramos nossos processos e nos adequamos à Lei, notadamente com o incremento de tecnologia em todos os nossos passos.


0 Comentários2 Minutos